CATANDO PAPÉIS & CONTANDO HISTÓRIAS

23 de outubro de 2011

Aniversário de Manaus: 342 anos

24 outubro

1848 – A capital amazonense é elevada de categoria de cidade, consoante a lei n.º 145, da Assembléia Provincial do Pará, com o título de Nossa Senhora da Conceição da Barra do Rio Negro. A denominação foi mantida até 1856, quando assumiu a de cidade de Manáos e, atualmente, de Manaus.
Ponte Rio Negro sobre o rio de mesmo nome, em Manaus
Em 1969, foi cumprida enorme programação comemorativa do Tricentenário de Manaus, cidade tida como inaugurada em 1669, com a construção do fortim protetor.
Entre outras festas, teve início a construção da fábrica de jóias BETA, na rua Belo Horizonte esquina da rua Recife, em Adrianópolis. Esta fábrica desapareceu nesta década e, no local, foi construído mais um edifício de escritórios.

Ainda nessa data, em 1969, Dom João de Souza Lima, então arcebispo do Amazonas, toma posse no arcebispado de Manaus. Esta mudança ocorreu devido a redução do território eclesiástico, em face da instalação de prelazias na região.
Hoje, está sendo inaugurada a Ponte Rio Negro, que liga a capital a municípios da calha dos rios Negro e Solimões. Será um passo concreto e um referencial para o futuro: vencer as águas que banham, mas que isolam as cidades amazonenses.