CATANDO PAPÉIS & CONTANDO HISTÓRIAS

11 de novembro de 2011

11.11.11

Em homenagem a data tão farta de simbolismo, aproveitada em todo o mundo para balizamento de eventos, publico esta foto. O fato ocorreu há 40 anos, em 11 de novembro. E sucedeu na avenida Eduardo Ribeiro.

Jornal do Commercio, Manaus, 11 nov. 1971
A legenda do recorte de jornal indica apenas que, na véspera, a população assistiu e aplaudiu a manifestação dos estudantes de medicina. Como me importei somente com a foto, deixei de lado as motivações do encontro.
Devo lembrar que a Faculdade de Medicina da então UA (Universidade do Amazonas) preparava-se para graduar sua primeira turma. Acredito, pois, que a manifestação teve a direção dos futuros médicos.  Lembro ainda que as primeiras turmas dessa faculdade acolheram os “excedentes” (aprovados em vestibular, porém fora do número de vagas) de outros Estados.

Membro da Polícia Militar, eu convivi com alguns desses universitários, pois o quartel da Praça da Polícia serviu por algum tempo de “hospedaria”. Houve um desses universitários, estudante de medicina, que se engajou no Serviço de Saúde da PMAM.
A foto de 40 anos passados mostra a delicadeza do trânsito na então mais movimentada avenida de Manaus. Mao de dupla de direção, com os fusquinhas se enfrentando. Alguns jipes e uma prosaica Hondinha (furgão em miniatura da Honda, com marcha no painel e espaço para dois passageiros), a frente do jipe à direita. Tempo bom... a avenida hoje todos conhecem, sitiada por camelôs e barracas e taxis e sujeira a beça.