CATANDO PAPÉIS & CONTANDO HISTÓRIAS

22 de junho de 2010

Adeus ao coronel Alfredo Assante Dias

Durante o dia de ontem, os colegas do Corpo de Bombeiros, da Polícia Militar, do Detran e da Polícia Civil, os amigos e familiares concentraram-se no velório do coronel Assante. Reunidos no auditório do Corpo de Bombeiros, gentilmente cedido pelo comando, que também proporcionou a todos as melhores gentilezas.

Cortejo na entrada do cemitério

À tarde, para o sepultamento no cemitério São João, um carro especial dos bombeiros conduziu o caixão e inúmeras coroas de flores.

Ali, foi realizada a saudação regulamentar por tropa da Polícia Militar.
À entrada do mausoleu, falou e orou o pastor de sua igreja.

Um familiar depositou uma significativa flor.

E o corneteiro encerrou a despediada com o "toque de silêncio", que nos fez estremecer, apesar da canícula que incomodava no momento.

Repousa em paz, amigo Assante!