CATANDO PAPÉIS & CONTANDO HISTÓRIAS

10 de junho de 2010

Deu no Jornal do Commercio

Datado de janeiro, quando o correto seria junho

No final de junho de 1970, na ocasião em que o Brasil conquistava o tricampeonato de futebol no México, este matutino promovia uma forte guinada na impressão do jornal. Inaugurou com grande alarde e presença de grande personalidades, à frente o ex-governador Arthur Reis, o novo parque gráfico, o primeiro no Amazonas em offset.

Arthur Reis aciona a impressora offset

De fato, a apresentação gráfica mudou. Melhorou sensivelmente, em especial, na reprodução de fotografias. Mas, a primeira edição utilizando este processo, trouxe um erro grosseiro. A edição está datada de 28 de janeiro, quando deveria ser - de junho.  Tudo bem.
A presença de Arthur Reis na festa de inauguração possuia significado sentimental, pois o genitor do ex-governador fora proprietário do JC por várias décadas.

Bem verdade que o Amazonas começava a usufruir dos benefícios da Zona Franca de Manaus. Assim, em 2 de julho, o JC comenta a construção e breve inauguração da sede do Banco do Brasil.

No dia seguinte, mostrou em foto aérea a dimensão do futuro Distrito Insdustrial. Tudo ainda se encontrava sob cerrada vegetação. E, certamente, se tivessemos que cumprir as regras ambientais atuais, não teríamos chegado a tanto. 

Distrito Insdustrial em implantação, 1970


Danilo Areosa (esq) e João Walter
Uma semana depois, uma foto significativa. Mostrava o governador Danilo Areosa abrançando o governador indicado João Walter de Andrade. Muito diverso da situação atual, bastante democrática, na época, o Governo Militar indicava e a Assembleia Legislativa homologava  a indicação. Assim foi que JW governou o Amazonas entre janeiro de 1971 a 1975.
Apesar do avanço tecnológico, o Jornal do Comércio, hoje do Commercio, com escrito na fundação, em 1904, não conquistou a liderança que ansiava. Segue circulando, mas agora com uma linha bem distinta, cuidando de economia, cuidando da evoluçao da indústria implantada na vegetação de 40 anos passados.