CATANDO PAPÉIS & CONTANDO HISTÓRIAS

3 de maio de 2011

Convite & Convite (I)



Em Amazônia – Um paraíso perdido, Tenório Telles reúne textos de Euclides da Cunha necessários para quem almeja conhecer, pesquisar ou apenas se informar sobre a Amazônia. Suas reflexões sobre a realidade irrompem um novo método para se interpretar os conflitos sociais amazônicos, que se caracterizavam, para ele, pelo permanente confronto do homem com a natureza e do homem consigo mesmo.


Trata-se de uma leitura referencial para se recorrer ao processo histórico. A leitura de Euclides também é obrigatória e necessária às novas gerações em razão do seu estilo textual. Suas palavras, tecidas com ciência, com realidade vivenciada e sinceridade, ainda têm o cheiro de tinta fresca, toda impregnada da essência do diálogo que acabou de travar com os seus interlocutores: intelectuais (historiadores, naturalistas, religiosos, geógrafos etc.) e homens e mulheres dos beiradões e sertões amazônicos.


Tenório Telles
é licenciado em Letras (1989), com habilitação em Língua Portuguesa, pela Universidade Federal do Amazonas, onde também se bacharelou em Direito (1996). Sua paixão pela literatura, porém, o faz trilhar os caminhos da poesia, da dramaturgia, da crítica literária, do magistério e do trabalho de “semeador de livros”. Primeiros fragmentos, seu livro de estréia, de produção independente, foi publicado em 1988. Atualmente é coordenador editorial da Editora Valer, onde desenvolve projetos que só vêm ampliar o cenário literário amazonense, resgatando obras e descobrindo novos autores. A 26 de outubro de 2001 tomou posse na Academia Amazonense de Letras, da qual é o vice-presidente, ocupando a Cadeira 16.