CATANDO PAPÉIS & CONTANDO HISTÓRIAS

29 de maio de 2011

Deu n'A Crítica

Parecia que o assunto em derredor do livro Por uma vida melhor estava encerrado. Mas, a questão do ensino da norma popular parece ter deixado resultado.


Aqui, talvez não seja um caso de linguística; o termo publicado afeta de alguma maneira aos leitores e compromete, sim, a maneira consagrada da língua. Em suma, o jornal cometeu, como vem cometendo ultimamente, um atentado ao dicionário, ao venerando “pai dos burros”.
A Crítica. Manaus, domingo, 29. maio. 2011
A edição dominical do jornal mais vendido do Amazonas destacou: Sem impedimentos durante a gravidês. Com acento circunflexo e sem aspas. Sei que qualquer gravidez produz dificuldades às gestantes, não imaginava que começaria tão cedo e tão gravemente. Ou talvez seja uma nova modalidade de gestação, diante das inovações tecnológicas.

Espero que o jornal A Crítica adote a famosa coluna do Erramos (ou outro título), pois o corretor ortográfico não tem colaborado com o jornal mais vendido. Também não tem atrapalhado, afinal a linguística esclarece.