CATANDO PAPÉIS & CONTANDO HISTÓRIAS

21 de setembro de 2010

Memorial Amazonense XXXV

Setembro, 21


Herculano Castro,
O Jornal. Manaus, 29.12.1960

1905 – Nasceu em Itacoatiara (AM), o jornalista Herculano de Castro e Costa, filho de José e Rachel Fonseca de Castro e Costa. Iniciou na profissão em São Luis (MA), depois trabalhou em todos os jornais de Manaus. Dono de um texto exemplar, foi capaz de convocar para a profissão alguns de nossos conhecidos jornalistas. É pai da jornalista Baby Rizzato.


1916 – Nasceu em Waupés, hoje São Gabriel da Cachoeira (AM), o desembargador Arthur Gabriel Gonçalves, filho de Graciliano Lopes Gonçalves e de Olívia Palheta Gonçalves, foi casado com Maria da Penha Araújo Gonçalves. Graduado pela Faculdade de Direito do Amazonas, na turma de 1942, ingressou na magistratura amazonense em 1944, na condição de juiz municipal. Assumiu o cargo de desembargador do Tribunal de Justiça do Amazonas, por merecimento, em 20 de abril de 1956. Em 1977, presidiu a Alta Corte do Estado, tendo nessa condição substituido o governador do Estado. Morreu em 26 de agosto de 1980.

Oyama Ituassu, na
Academia, em 2004

1916 – Nasceu em Manaus (AM), o desembargador Oyama César Ituassú da Silva. Bacharel pela Faculdade de Direito do Amazonas, na turma de 1939. Doutor em Direito Público, por concurso, na mesma escola, em dezembro de 1956. Após longo período no exercício da magistratura, foi promovido a desembargador em fevereiro de 1952. Presidente do Tribunal de Justiça em 1954, exerceu o governo do Estado em substituição constitucional, em outubro do mesmo ano. Presideiu o ideal Clube, onde impos com seu porte a rigidez da conduta idealina.
Pertenceu a Academia Amazonense de Letras, onde ingressou em 12 de dezembro de 1967, na cadeira 26, em sucessão a Waldemar Pedrosa. Alcançou a presidência da Casa de Adriano Jorge, por alguns mandatos. Morreu em 2009, e sua vaga vem sendo disputada ardorosamente.



1946 - Nasceu em Manaus, o tenente-coronel Alrefredo Melo de Souza. Pertenceu aos quadros da Polícia Militar do Amazonas, tendo falecido no mês passado, ocasião em que relatei o ocorrido.