CATANDO PAPÉIS & CONTANDO HISTÓRIAS

30 de outubro de 2012

MANAUS: ONTEM E HOJE (2)

A avenida Castelo Branco leva o nome do primeiro presidente do Governo Militar, general Humberto de Alencar Castelo Branco. Antes, aquela artéria era denominada de avenida Waupés, instituída quando da construção do bairro da Cachoeirinha (1891-92). A artéria começava no igarapé do mesmo bairro e se estendia até à rua Belém, ou seja, atravessava (como acontece) o referido subúrbio.

Av. Castelo Branco no cruzamento da rua Humaitá


No entanto, ao cruzar com a rua Ipixuna, havia uma descontinuidade devido ao covão (cuvão, no popular) existente no local. Isso obrigava a uma curva acentuada que, devido aos acidentes causados no local, tomou a denominação vulgar de “curva da morte”. Nesta paragem, ainda funciona a mercearia do Carvalho.
 

Av. Castelo Branco com rua Ipixuna, a extinta "curva da morte"
Superado este obstáculo, a Castelo Branco encontra-se com o término da avenida Ramos Ferreira, pois, do outro lado da via, chama-se avenida Costa e Silva (outro general presidente).
As fotos mostram as duas épocas.