CATANDO PAPÉIS & CONTANDO HISTÓRIAS

26 de janeiro de 2012

Deu nos jornais da Cidade


Ontem, A Crítica deu notícia sobre a Biblioteca Pública, fechada desde o final de 2007. Não anunciou a nova data de inauguração. Ao contrário, deixou os interessados em livros e documentos e jornais pertencentes ao acervo da Casa de Genesino Braga, entre os quais me incluo, sem rumo.

Biblioteca Pública ameaçada. A Crítica, 25 jan. 2012
A reportagem anuncia que a Secretaria de Infraestrutura (nova atriz) entrou na “novela”, melando o final tão aguardado. Culpa, em conjunto com a Secretaria de Cultura, até o divino, que nos concede chuvas e trovoadas, pelo atraso. Enfim, culpa a empresa encarregada dos reparos.

Trata-se da conhecidíssima Radier Prestadora de Serviços, Comércio e Construção Ltda. Tão conhecida que o repórter, se o procurou, sequer encontrou, sequer encontrou resposta para seu telefonema, telefone que foi anunciado com todos os números (comumente, há supressão de números por pontos).

Na condição de interessado, ganha um doce de cupuaçu quem me repassar o endereço, ou mesmo se esta possui condições para concluir a obra da centenária Biblioteca. Que obra!


Antena SkyHDTV, jornal EmTempo, 26 jan 2012
Mudando de conversa, reproduzo a manchete de Economia do EmTempo (de hoje): Mais de 300 mil pessoas vivem com R$ 2, por dia.

Não entendo de economia, isso fica para o Zemaria Pinto, a quem peço esclarecimentos. Mas, a respeitável foto do Alberto Cesar de Araújo, que ilustra a matéria, exibe uma imagem conflitante. Não sei se na frente ou lateral, mas, no barraco de madeira, sem portas e janelas, está lá um dos símbolos de melhor classe: uma antena da Sky HDTV.

Certamente, não é possível manter este privilégio com R$ 60, por mês.