CATANDO PAPÉIS & CONTANDO HISTÓRIAS

11 de julho de 2011

Corpo de Bombeiros do Amazonas: aniversário

Hoje, os “homens e mulheres do fogo” comemoram 135 anos de atividade na capital do Amazonas. A inauguração deste serviço ocorreu em 1876, com a sanção da Portaria n.º 268-1.ª Seção, pelo vice-presidente da Província, Nuno Pereira Cardoso, que estabelecia “para o serviço de extinção de incêndios nesta cidade se observem as seguintes instruções”.

Moderna Plataforma incorporada este ano aos Bombeiros, lembrando
que a primeira Escada Metz data de 1974
E as instruções compreendiam a cooperação de igrejas, com seus sinos; de aguadeiros, no transporte de água; das corporações militares e da chefia de polícia. Mas, para incrementar este serviço, o governo provincial havia adquirido uma bomba.

Em caso de atuação, todo este aparato ficava a cargo do diretor das obras públicas. Na ocasião, Leovigildo Coelho, oficial do Exército, era seu titular. Daí, a homenagem que o mais moderno sucedâneo daquele primitivo agrupamento -- o Corpo de Bombeiros Militar (CBM) -- presta aquele oficial, considerado o primeiro comandante dos Bombeiros do Amazonas.
Documento de julho de 1926

Coincidência, mas em 2 de julho se comemora o Dia Nacional dos Bombeiros. Aqui, a data passou a sofrer a concorrência do festival de Parintins (AM), que exige da corporação o deslocamento de respeitável efetivo. Assim, tanto esta data quanto a comemorativa hoje, foram transferidas para outro evento.

Atualmente, o CBM concentra as suas comemorações natalinas em novembro, quando soleniza a desincorporação deste serviço da Polícia Militar. Em nossos dias, independentes, os Bombeiros têm a direção do coronel Antonio Dias dos Santos.