CATANDO PAPÉIS & CONTANDO HISTÓRIAS

5 de março de 2013

CASA DE ADRIANO JORGE: ÁLBUM



O registro de hoje mostra algumas fotos da Academia Amazonense de Letras, ao tempo em que eram presidentes Péricles Moraes e Djalma Batista. De certo, a escolha de imortais era bem mais tranquila do que as últimas processadas na Casa de Adriano Jorge.
 A substituição do poeta Luiz Bacellar tem dado dor de cabeça aos dirigentes e tema para notícias de jornais e de outros meios de comunicação, especialmente as redes sociais.
As fotografias, na ordem de apresentação, 1) o presidente Péricles Moraes e o secretário padre Nonato Pinheiro, na direção de sessão, em 1952; 2) o mesmo presidente empossando o acadêmico padre Pereira Neto, em janeiro de 1956; 3) no jubileu de prata da AAL, a assembléia com destaque para o major PM Jarbas Rocha, o ex-governador Plínio Coelho e o doutor Couto Lopes; em uma poltrona, o acadêmico José Lindoso; 4) o Coral João Gomes Junior prestigiando a mesma solenidade, em 1968, (à dir. a solista Dagmar Feitosa, atual dirigente do coral); e 5) o presidente Djalma Batista recebe cumprimentos do governador Danilo Areosa (1967-71).