CATANDO PAPÉIS & CONTANDO HISTÓRIAS

13 de setembro de 2011

Memórias amazonenses (LXI)

Setembro, 13


1943 – Criados pelo decreto-lei nº 5812, os territórios federais do Guaporé (depois TF e estado de Rondônia) e de Rio Branco (posteriormente TF de Roraima e hoje estado de Roraima), ambos desmembrados do estado do Amazonas. A primeira mudança ocorreu pela lei nº 2731/56 e a segunda pela Constituição Federal de 1988.
Esse fato lembra a batalha que teve início no estado do Pará pela divisão ou não do seu território.

General Sizeno Sarmento


1946 – Empossado na condição de Interventor Federal no Amazonas, o tenente-coronel EB Sizeno Sarmento (1906-1983), nascido em Manaus. Seu governo teve pouca duração, perdurou até 1º de fevereiro de 1947. Este oficial quando aqui governou já havia integrado a FEB (Força Expedicionária Brasileira), na 2ª Guerra Mundial.
Ao tempo do Regime Militar, no qual teve participação destacada, alcançou, em 1968, o posto de general de quatro estrelas. Nessa condição, comandou o 1º Exército, sediado no Rio, e o 2º, em São Paulo. Posteriormente, integrou o Supremo Tribunal Militar. Morreu em São Paulo, aos 76 anos de idade, mas foi sepultado no cemitério de São João Batista, no Rio.

Beatris e Sofia disputando sorrisos

1978 – Nasceu em Manaus, Beatris (com “s”) Coelho dos Santos, parceira do administrador deste e mãe da Sofia Santos Mendonça.