CATANDO PAPÉIS & CONTANDO HISTÓRIAS

13 de abril de 2011

Incêndio no restaurante "Gabriela"

Restaurante Gabriela, 1980
O pomposo restaurante denominado Gabriela, mais conhecido como a “Casa dos Barões”, que funcionou por anos no boulevard Álvaro Maia, desapareceu na final de janeiro de 1980, quando as chamas lamberam-no do roteiro gastronômico. Seu proprietário, John Dalani, estimou o prejuízo em 15 milhões de cruzeiros, mas que tudo estava no seguro.
A edificação estava situada ao lado do supermercado Xeque Mate (depois Casa Roma). A casa de pastos atendia onde ontem funcionava o estacionamento do Roma, que a expansão urbanística igualmente devorou. Ao acidente, o jornal A Notícia, também desaparecido, emprestou aquele destaque.
John Dalani, o dono do
Gabriela
A delegada Graça Figueiredo, do DOPS, acompanhada do perito Orsine Ribeiro, prometeu não somente ouvir os envolvidos, mas buscar informações nos bancos sobre a situação da empresa. Em resumo, fumaça de curto-circuito.
O resumo do incêndio que destruiu o Gabriela é de A Notícia (31 jan. 1980):

O incêndio começou às quatro e meia da madrugada e seqüenciou-se com uma série de explosões, devido à quantidade de garrafões de gás existentes na cozinha, local onde principiou o fogo. John Dalani despertou com as explosões. Ele não sabia que a essa altura a parte da cozinha estava sendo destruída.
O Corpo de Bombeiros da Policia Militar utilizou seis carros pipas para trabalhar na debelação (sic) das chamas. Do outro lado da rua, John Dalani assistia calidamente à destruição do seu restaurante. Para ele, era como se estivesse acontecendo um show de “comedores de fogo”.