CATANDO PAPÉIS & CONTANDO HISTÓRIAS

13 de abril de 2018

POLICIAMENTO RODOVIÁRIO, EM MANAUS


Governo cria Guarda Rodoviária para zelar pela segurança do trânsito nas estrada

O governador Arthur Reis [1964-67] assinou ontem decreto criando no Departamento de Estradas de Rodagem do Amazonas, a Guarda Rodoviária, que terá entre outras atribuições a de zelar pela segurança do trânsito nas rodovias sob a jurisdição do DER-Am; exercer completa vigilância para prevenir quaisquer atentados contra a integridade das rodovias; promover a imediata prestação de socorro às vítimas de acidentes nas rodovias etc.
O recrutamento do pessoal se fará mediante Edital, através contrato de trabalho com vigência de um ano e podendo ser renovado por igual período.

O Chefe da Guarda Rodoviária terá função gratificada (FG-2), e uma gratificação correspondente a 2/3 dos respectivos vencimentos.
Os salários dos componentes da Guarda Rodoviária são fixados em 130 mil cruzeiros, com o acréscimo de 30% como gratificação pelo risco de vida e de saúde a que estão expostos no exercício de seu mister.

Anotações sobre o post:

A publicação acima compartilhei do Jornal do Commercio (6 agosto 1965). Durou pouco a existência da Guarda Rodoviária integrante do Departamento de Estradas de Rodagem do Amazonas (Deram). Criada em 5 de agosto de 1965, como se viu, passou à subordinação da Polícia Militar do Estado em dezembro de 1970, ao final do governo Danilo Areosa. As razões dessa mudança já escrevi e estão postadas em 15 agosto 2010.