CATANDO PAPÉIS & CONTANDO HISTÓRIAS

7 de junho de 2012

Jonas da Silva na Quarta Literária


Texto de Elson Farias, publicado no
Suplemento Literário do
Diário Oficial, em fevereiro de 1987
Como de praxe, ocorreu ontem à noite a palestra do professor José Almerindo sobre o livro Czardas do poeta Jonas da Silva (1880-1947), sequenciando a programação estabelecida pela Livraria Valer para a corrente temporada.

O tema deste ano cumpre analisar os livros regionais que estabeleceram um novo padrão, resumindo, que marcaram a literatura regional. Assim, o pouco distinguido poeta Jonas da Silva, por sua obra Czardas, mereceu esse retrospecto.

Dois episódios contribuíram para o destaque desse trabalho: um, a entrevista que o palestrante prestou à Radio Nacional, de Brasília, o que vem demonstrar o acerto da iniciativa do Grupo Valer.  O segundo teve a minha iniciativa.

Palestrante (à esq.) e a plateia delirando

Há duas semanas, buscando informações sobre o padre Carlos Fluhr (1904-43) no extinto O Jornal, encontrei no acervo um respeitável número de poemas do poeta Jonas da Silva, escritos entre 1941 e 1943. Este material foi apresentado ao mestre José Almerindo, que me incentivou a organizar uma publicação.

À exposição compareceram mais de 60 ouvintes, contado com a presença de alunos do Grupo Oxímoro, de uma escola estadual que lamento não ter anotado. Ao final desta, a plateia ouviu do grupo poemas de outros amazonenses.

Parte do grupo declamando poemas, ao final da palestra