CATANDO PAPÉIS & CONTANDO HISTÓRIAS

10 de agosto de 2011

João Nogueira da Mata (1909-1991)

Agosto, 10
João Nogueira da Mata

1991 – Morreu em Manaus, João Nogueira da Mata, que teve acentuada participação em vários segmentos da história do Amazonas.
Nascido no bairro da Cachoeirinha, em 1909, no mesmo ano em que nascia Ramayana de Chevalier. Tive oportunidade de ocupar uma Quarta Literária (bem-sucedida realização da Livraria Valer) para lembrar o centenário dos dois manauenses.

Recordo apenas, de João Nogueira da Mata, sua passagem pela educação, com professor do Colégio Dom Bosco, entidade que acaba de completar 90 anos de produção.

No campo político, Nogueira da Mata foi em duas ocasiões o Interventor Federal do Amazonas, ou seja, apesar do nome estranho, fora o chefe do Poder Executivo na época da ditadura Vargas. Além de ter representado o Amazonas na câmara federal.

Enfim, como homem do pensamento, conhecedor das questões amazônicas, produziu uma sucessão de livros. Em quase duas dezenas, publicados sem grandes recursos, basta apreciar a editoração dos mesmos, não deixou de exercitar sua competência com a poesia. Lamentavelmente, nunca mais se viu uma reedição.

Lembro ainda que alcançou a honra acadêmica, empossado na cadeira 6, de Adriano Jorge, sucedendo a José Jorge Caravalhal na Academia Amazonense de Letras.

Hoje, completam-se 20 anos de seu desaparecimento, pois faleceu em 1991.
Para melhor compreender o desempenho de João Nogueira da Mata, recomendo o documentário produzido pelo programa Documentos da Amazônia, da Amazonsat. E dois outros sítios devem ser explorados: o Blog do Rocha e http://www.marcelodamata.blogspot.com/