CATANDO PAPÉIS & CONTANDO HISTÓRIAS

23 de dezembro de 2011

Tenório Telles e a Editora Valer

Tenório Telles
Quase atravessava o ano a notícia da saida do editor Tenório Telles da Editora Valer. Quase... ontem, de forma categórica, o conceituado homem dos livros entregou a carta de despedida. Nela, efetua um ligeiro retrospecto de seus quinze anos de Valer. Tenório e a Valer (livraria ou editora) se confundiam. Talvez seja uma longa pausa, mas, certamente, ele nos ensinou o caminho.

Obrigado Tenório Telles pelos ensinamentos, pela luta (muitas vezes desigual) renovada a cada, em busca de fornecer livros aos que desejam ler.
Sucesso nos novos passos que você começa a percorrer.


COMUNICADO
VIDA, LIVROS E LEITURA
A vida se faz de momentos – e cada etapa da caminhada cumpre o seu ciclo. O que importa em tudo é desempenhar com entusiasmo e verdade as tarefas e responsabilidades que nos cabem na existência.
Cioso do papel que cumpri, nos últimos 15 anos, na coordenação editorial da Valer Editora, ajudando a promover a cultura do livro e o prazer da leitura no Amazonas, venho a público comunicar meu afastamento da função de editor responsável dessa importante casa de livros.
Motivado pelo desejo de contribuir com o processo de construção do conhecimento, dediquei-me ao desafio de popularizar o livro e sensibilizar a sociedade para a importância da leitura na formação das crianças e dos jovens. O resultado desse trabalho foi a publicação de mais de 700 títulos de autores principalmente regionais, além de várias iniciativas concebidas com o mesmo objetivo, como exemplo a Quarta Literária, o Flifloresta, Encontros de Escritores, a criação do Clube Literário do Amazonas – Clam e a idealização de várias coleções de livros publicadas pela Editora Valer.
Neste momento de despedida, não poderia deixar de agradecer à imprensa pelo apoio dado a essas iniciativas, aos escritores que confiaram seus trabalhos à Editora, à equipe de jovens do corpo editorial que tornou possível a realização desse sonho, aos amigos que nos apoiaram no momentos difíceis e, muito especialmente, aos leitores – objetivo de nosso esforço e os grandes responsáveis por termos chegado até aqui.
Assim me despeço – com gratidão e o sentimento de que fiz a minha parte na luta pela construção de uma sociedade de seres humanos esclarecidos e de um mundo mais tolerante e civilizado.
Manaus, 22 de dezembro de 2011.
Tenório Telles