CATANDO PAPÉIS & CONTANDO HISTÓRIAS

1 de agosto de 2010

Memorial Amazonense XXIX

Agosto, 1º



1866 – Nasceu no Piauí, Pedro José de Souza, que foi coronel da Polícia Militar. Nessa condição, exerceu o comando da Força Policial (PMAM) em três ocasiões, em todas, foi destituído por golpe militar. A primeira completará em breve o centenário, falo do Bombardeio de Manaus, ocorrido em outubro de 1910. A segunda, em dezembro de 1912, quando um triunvirato de oficiais da PM dominaram o Quartel da Praça da Polícia e o próprio governo; enfim, em julho de 1924, por ocasião da Rebelião de Ribeiro Junior.

1897 – O governador Fileto Pires decide enviar uma tropa do Regimento Militar do Estado, hoje Polícia Militar, para combater aos conselheiristas, em Canudos. A campanha que passou à história em especial pelo livro Os sertões, de Eudclides da Cunha. A escolha recaiu no 1.º Batalhão, sob o comando do tenente coronel Cândido José Mariano.


1912 – Inaugurado um trecho da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré, que ligava Porto Velho a Guajará-Mirim (RO).


2001 – Instalação da Universidade Estadual do Amazonas (UEA). A solenidade foi presidida pelo governador Amazonino Mendes, que empossou no ato o primeiro Reitor, Dr. Lourenço dos Santos Pereira Braga, e o vice, Dr. Deodato Guimarães. A aula inaugural foi proferida pelo governador, sendo transmitida pela TV Cultura para os campi universitários no interior do Estado.

Faculdades de Ciências da Saúde