CATANDO PAPÉIS & CONTANDO HISTÓRIAS

5 de agosto de 2010

Academia Amazonense de Letras II

O silogeu amazonense deu posse hoje a um novo imortal. Reunida sob a presidência do acadêmico José Braga, presente 16 camaradas, assumiu a cadeira nº 13, patronada por Estelita Tapajós, o historiador Abrahim Sena Baze (foto).
Baze é o quarto ocupante desta cadeira, foram seus antecessores: Gaspar Vieira Guimarães, desembargador (fundador); seguido de Arthur Virgilio Filho, desembargador; Arthur Cezar Ferreira Reis, historiador e governador do Amazonas; Jauary de Souza Marinho, advogado e Reitor da Universidade Federal do Amazonas.  
No discurso de posse, Baze dedicou sua vitória acadêmica aos amigos Bernardo Cabral, Phelippe Daou e Milton Cordeiro. Já a oração de boas vindas coube ao acadêmico Bernardo Cabral que, como sempre, empolgou a plateia.

Os convidados no salão de honra da Academia
Meus votos de pleno sucesso ao novo acadêmico.