CATANDO PAPÉIS & CONTANDO HISTÓRIAS

5 de março de 2010

MEMORIAL AMAZONENSE

MARÇO, 6

1836 - A vila de Manaus é tomada pelos cabanos, à frente o caudilho Francisco Bernardo de Sena.

1882 – Instalação, em Manaus, da Escola Normal da Província do Amazonas, em regime de externato, destinada a indivíduos que se decidissem pelo magistério. Coube ao Presidente da Província, Alarico José Furtado, que nomeou a Epifanio José Pedrosa seu primeiro diretor. A sede estava localizada no cruzamento da Praça Dom Pedro II, possivelmente onde hoje se observa as ruínas do Hotel Cassina.

1961 – Assume a direção da Faculdade de Direito do Amazonas, o Dr. Abdul Sayol de Sá Peixoto. Seu mandato perdurou até 10 de dezembro de 1966.

1982 – A antiga sede dos Correios, situada à rua Marechal Deodoro com Teodoreto Souto, no Centro, é atingida por violento incêndio. Aconteceu no início da noite, e apesar dos esforços do Corpo de Bombeiros da Polícia Militar e de outros organismos públicos, pouco restou do edifício. A edificação, de construção centenária, retornou a mesma atividade, graças ao empenho do Governo Federal.
Jornal A Crítica, 7 de março de 1982