CATANDO PAPÉIS & CONTANDO HISTÓRIAS

27 de janeiro de 2018

AVC - ASSOCIAÇÃO DOS VELHOS CORONÉIS



Dia 26, sexta-feira passada, ocorreu a reunião-almoço deste círculo no Bosque, como vêm acontecendo há pelo menos quatro meses. Tá na hora de mudar, já admite, e já busca novo local de repasto, o coordenador da associação. Coronel Cavalcanti segue cumprindo com entusiasmo e bom apetite o direcionamento desse encontro, uma prática que já se aproxima das quatro décadas.

Nogueira, Medeiros e Cavalcanti
A iniciativa desse tipo de congraçamento coube ao coronel Mario Ossuosky, que comandou a PMAM entre 1975 e 1979. Nesse intervalo, este comandante – ainda vivo pra confirmar o registro, reunia os oficiais integrantes do comando-geral e convidados, e com eles almoçava em restaurante.

Estamos, pois, seguindo o protocolo, com uma variante, hoje esta reunião congrega os oficiais inativos. Eventualmente, são convidados os comandantes mais relevados da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros.    

Lamento lembrar, porém nenhum conviva lembrou do natalício (31 de janeiro) do saudoso coronel Pedro Câmara, morto há dois anos. Exercia ele um tipo especial de comandamento sobre a turma, daí que em janeiro ele escolhia o local do almoço. Diante do esquecimento, devo dar procedência à máxima: rei morto, rei posto!

Costa, Célio Homero e Claumendes, entre outros e a cerveja

Número recorde (28) compareceu ao Bosque, estiveram presentes os coronéis: Osório Fonseca | Mael Sá | Hélcio Motta | Raimundo Encarnação | José Cavalcanti | Amilcar Ferreira | Romeu Medeiros | Antonio Santarém | Alcides Costa | Ronaldo Toledano | Deusamar Nogueira | Luís da Rocha | Raimundo Gutemberg | Fernando Valente | Osvalci Frazão | Silvestre Torres | Homero Almeida | Alfredo da Matta | Célio Silva | Paulo Ramos | Roberto Mendonça | Ruy Freire | Claumendes Cardoso | Edson Pereira | Frandemberg Maués | Antonio Carlos Pereira | Cabral Jafra e Aristoteles Conte.

Hora do cartão: Célio, Alfredo, Frazão, Gutemberg e Luís da Rocha,
diante do cobrador