CATANDO PAPÉIS & CONTANDO HISTÓRIAS

30 de março de 2016

POLÍCIA MILITAR DO AMAZONAS (5)

Detalhe de Zuavo existente à porta do antigo aquartelamento
Ainda do Almanaque Laemmert, anuário editado no Rio de Janeiro, que trazia vasta relação das autoridades constituídas, em todo o território nacional. A relação das autoridades circulava com a indicação de sua residência. Enfim, publicava algumas notas sobre os estados da federação, como as que aqui são postadas.

Manaus possuía uma “população de aproximadamente 76.000 habitantes. E dista da Capital da República em 2.066 milhas”.
Escolhi, porque próprio do meu setor de pesquisa, a Polícia Militar do Amazonas que, em 1925, ano da circulação desse periódico, chamava-se Força Policial do Estado.

Lembro que nesse ano, o Amazonas sofria a primeira (creio que única) intervenção federal. A disputa em julho do ano anterior, marcada pela Rebelião de Ribeiro Junior, oficial do Exército, que tomou o governo estadual, com isso, obrigou o Governo Nacional a subordinar o Amazonas.

Ocupava o Palácio Rio Negro, então sede do governo, na condição de interventor, o Dr. Alfredo de Sá, bacharel em Direito, oriundo de Minas Gerais. Durou aquele ano a interventoria, ao final da qual, foi eleito governador do Estado outro mineiro: Efigênio Salles. O restante da história é bem sabida.

FORÇA POLICIAL DO ESTADO

Batalhão de Caçadores
Praça Gonçalves Ledo [hoje de Heliodoro Balbi]

Estado-Maior
Dr. Turiano Meira
Comandante:
Pedro José de Souza, coronel, avenida 7 de Setembro, 156 - Centro.
Fiscal: vago.
Ajudante: Augusto Vaz Sodré da Costa, capitão, avenida Major Gabriel, 42 - Centro
Secretário: Francisco Pantaleão de Paula Machado, 2º tenente, rua Izabel, 78, Centro
Capitão-médico: Dr. Turiano Chaves Meira (foto), avenida Joaquim Nabuco, 189 - Centro.
Intendente: Manoel Corrêa da Silva, 1º tenente, Vila Georgete, casa 12 – rua Lauro Cavalcante - Centro.

1ª Companhia
Comandante:
Luiz Carlos Augusto, capitão, avenida 7 de Setembro, 134 - Centro

Subalternos:
Arckbal Moreira de Sá Peixoto, 1º tenente, rua Dr. Moreira, 52 - Centro.
Júlio Enéas Cavalcanti, 2° tenente, rua Emilio Moreira, 5 - Praça 14
Lydio Alírio Dantas, 2° tenente, rua Emilio Moreira, 7 – Praça 14.
2ª Companhia
Comandante:
Antonio de Paiva Cavalcante, capitão, (destacado em Coari).

Subalternos:
Tristão Cavalcante Neto, 1° tenente, av. Major Gabriel, 44. Alexandre Montoril, 2° tenente, av. 13 de Maio [em nossos dias, avenida Getúlio Vargas]
João Luiz Rodrigues, 2° tenente, rua dos Barés, 64.

3ª Companhia
Capitão Pessoa, nos anos
1950, comandante da PM
Comandante: José Rodrigues Pessoa, capitão, [servindo em Coari].

Subalternos:
José Marques Galvão, 2° tenente, rua Floriano Peixoto.
Inácio Alves de Pinho, 2° tenente, av. Urucará, 14 - Cachoeirinha

Companhia de Bombeiros
Comandante:
Arthur Martins da Silva, capitão, rua Comendador Alexandre Amorim, 406 - Aparecida

Oficiais:

Raymundo Rodrigues, 2° tenente, Altos da avenida Eduardo Ribeiro.
Gonzaga Tavares Pinheiro, 2° tenente, residente no Quartel da Força.

Grupo de Artilharia
Comandante:
Augusto Ovídio dos Santos, 2° tenente, rua Visconde de Porto Alegre, 3 - Centro.

Pelotão de Cavalaria
Comandante:
Antonio Zany dos Reis, 2° tenente, rua da Indústria, 37 -