CATANDO PAPÉIS & CONTANDO HISTÓRIAS

23 de fevereiro de 2013

DOM SÉRGIO CASTRIANI

Dom Sergio Castriani

O sexto arcebispo de Manaus toma posse na noite de hoje. Dom Sérgio é natural da cidade de Regente Feijó (SP) e integra a Congregação do Espírito Santo, portanto, um religioso espiritano. Ordenado sacerdote em 1978, veio para a região amazônica, e dirigiu nos últimos catorze anos a prelazia de Tefé (AM).

A posse ocorreu na igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição, ocasião em recebeu o cajado com que conduzirá o novo rebanho das mãos de Dom Luiz Soares Vieira, que deixa compulsoriamente esta arquidiocese, após conduzi-la por 21 anos.

O novo pastor conhece a região, há décadas convive com o povo do beiradão amazônico, assim não será um estranho no aprisco. Já começa a sentir, porém, isso ele tem repetido nas entrevistas, a dimensão das cidades, pois deixa o município de Tefé, no médio rio Solimões, com cerca de cem mil habitantes, para encarar a capital do Amazonas, com cerca de dois milhões de habitantes.

Nascido em São Paulo, como seu antecessor, Dom Sérgio mantém a escrita de que ainda não foi dessa vez que um amazonense cuidará nesta arquidiocese dos seguidores da Igreja Católica. Esse fato talvez seja explicável pela máxima bíblica, de que nenhum profeta faz sucesso em sua terra. Se não for este, é por aí.

Esta festividade lembrou-me a chegada a Manaus de um bispo, para assumir a arquidiocese. Ocorreu em 1958, quando Dom João de Souza Lima desembarcou no aeroporto de Ponta Pelada e foi conduzido pelo governador Plínio Coelho e variadas representações católicas pelas ruas centrais da cidade. O cortejo passou pelo bairro de Educandos para alcançar a avenida Sete de Setembro e, por esta via, em direção a Cúria Metropolitana, no mesmo endereço atual.

Os tempos são outros, o avanço evangélico, o trânsito agitado e outras atividades pessoais modificaram essa praxe. Hoje, o pastor católico parece ser mais conhecido pela mídia, que pelas celebrações. De outro modo, a presença de um novo dirigente em qualquer setor sempre traz expectativa de evolução. Nesse sentido, os católicos manauenses começam hoje essa renovação, e renovam esta no próximo mês com a entronização do novo Papa.

Seja bem-vindo, Dom Sérgio, com votos de mais conquistas junto com o povo de Deus.