CATANDO PAPÉIS & CONTANDO HISTÓRIAS

18 de fevereiro de 2018

OS LIMA DO ANVERES (1)



Vicente e Adelaide Lima
Os Lima constitui a descendência que o saudoso cearense Vicente Pereira Lima implantou a partir do lago do Anveres. Ainda não foi possível sinalizar o local de nascimento deste bravo nordestino. Estamos em busca. Sabe-se somente que proveio do Ceará, ao final do século XIX, quando as secas impertinentes obrigaram a tantos a buscar a capital da borracha.

Numa dessas levas, o jovem Vicente desembarcou em Manaus, ao final do período provincial, quando o governo criou a Colônia Oliveira Machado, ainda existente com a denominação de bairro. Outra iniciativa governamental foi estabelecer a colônia 13 de Maio nas terras hoje pertencentes ao município do Careiro da Várzea.

Melhor dizendo, encaminhou os migrantes para os lagos que circundam o mais conhecido: lago do Rei, em frente a Manaus. Então, na margem do lago do Anvers (hoje Anveres), Vicente se estabeleceu e adquiriu vasta propriedade, que ele denominou, certamente para lembrar-se da origem, de Fortaleza.
Seus netos, entre os quais me incluo, realizam um levantamento dos descendentes, que hoje se espalham por vários Estados e Distrito Federal do país e no exterior. Para marcar essa passagem, está sendo planejada uma Revista, programada para outubro.

As fotos mostram alguns dos descendentes.

Família de Fernando e Maria Lima, em festa

Raimunda, a primogenita

Valeria Mendonça, neta de Francisca Lima

Sebastião (Tião), filho de José Lima