CATANDO PAPÉIS & CONTANDO HISTÓRIAS

6 de setembro de 2016

VELHOS TEMPOS

Deputado Vicente Reis

Esta coluna domingueira era atraente, estampada em O Jornal. Seu autor servia aos leitores recortes de notícias que fizeram a história do Amazonas. Notas curtas, ligeiras. Certamente as recolhia dos arquivos dos periódicos ou, quem sabe, da coleção existente no IGHA. Não havia um único assunto, como se vê neste post, que compartilhei de uma edição que, por minha culpa, ficou sem edição; e possivelmente sem crédito. 

 VELHOS TEMPOS

 ANDRÉ JOBIM



Deputados que aprovaram a reforma da Constituição do Estado do Amazonas, promulgada em 20 de outubro de 1913, e promulgaram a reforma da mesma em 14 de fevereiro de 1922. 
Dr. Turiano Meira, presidente,
jornalista Alcides Bahia, 1º secretário,
Joaquim Francisco de Paulo, 2º secretario,
Paulo Emílio,
Dr. Esmeraldo Coelho,
coronel José Sobreira de Mendonça,
Telesforo Soares Almeida,
José Gonçalves Dias,
Dr. Joaquim Augusto Tanajura,
Otávio da Rocha Pires,
Licinio Silva,
Dr. João Huascar de Figueiredo,
Dr. Rafael Benayon,
Aureliano Augusto de Oliveira,
Dr. Vicente Torres da Silva Reis,
Dr. Astrolabio Passos,
Benjamin Omena Farias,
Vicente Gomes de Araújo,
Dr. Pedro Epifanio Regalado Batista,
Dr. Galdino Ramos,
Cunegundes Ferreira de Sousa Machado,
Dr. Brestislau M. de Castro Júnior,
Dr. Alfredo Augusto da Mata.
X x X
 A lei nº 1.138, de 25 de março de 1922, eleva à categoria de VILA a povoação da Itapiranga que passou a ser a sede do município de Silves, do Diário Oficial nº 6.179, de domingo, 26 de março de 1922.
xxx 
 A lei municipal nº 727, de 10 de outubro de 1912, deu a denominação de Rua Cearense à Estrada Dr. Moreira e, de Praça Dr. Pedrosa, à Praça 14 de Janeiro.A lei municipal nº 730, de 12 de outubro de 1912, deu a denominação de Guerreiro Antony à rua Igarapé de Manaus.                          
_____xx_____
 O Intendente Adolfo Lisboa quando construiu o Mercado Municipal, ou seja, o Mercado Público, deu a ele um relógio em sua fachada, e também um outro relógio para a sua administração. Onde estão? Já é tempo do Dr. Paulo Nery, digno Prefeito de Manaus, fazer sindicâncias e colocá-los em seus lugares.
______-xx____-
 O construtor dos jardins da Praça da Republica hoje, D. Pedro II, Igreja da Matriz e dentro do Ginásio Amazonense (hoje Colégio Estadual) foi o Sr. Antonio Fernandes de Carvalho, que assinou o respectivo Contrato com o Departamento de Obras do Estado, em 13 de julho de 1899, sendo diretor, o Dr. Eugenio Ramos Vilar. (Diário Oficial nº 1.621 de 13/07/1899)