CATANDO PAPÉIS & CONTANDO HISTÓRIAS

15 de novembro de 2014

15 ANOS DE SARAH S. VALARES




Enlaçado de surpresa, não tive como me desculpar em escrever esta postagem em homenagem a Sarah dos Santos Valares, que hoje aniversaria. Afinal, a motivação são os seus almejados, sonhados 15 ANOS.
Logo no dia 15, em um sábado, dia perfeito para reunir os parentes e amigos e admiradores para esse congraçamento. Não existe motivo algum para impedir esse encontro, que inegavelmente é soberano na vida de uma jovem. E chegou o dia da Sarah.

Para explicar meu sobressalto, relembro o amigo Herbert Ribeiro dos Santos, talvez o seguidor mais intransigente, capaz de me cobrar dia a dia a atualização do blog que administro. Somos amigos desde os tempos de Polícia Militar, amizade iniciada nos meados da década de 60. Nas proximidades, portanto, de emplacar o cinquentenário.

Herbert, avô materno de Sarah, tolhido em sua competência de escrever devido à uma doença restritiva, me nomeou escrivão destas singelas linhas. Lá vou eu, assim, esperando somente corresponder ao velho amigo.
Sarah, cujo significado mais respeitado é o de princesa, foi a mulher de Abrahão, um homem vigoroso na história bíblica. Desse modo, contribuiu para gerar larga descendência. Enfim, outras mulheres com o mesmo nome, no mundo, já contribuíram com o crescimento humano.

Em nossos dias, nesse turbilhão do início do terceiro milênio, Sarah, boa neta e ditosa filha, usufrui a mais representativa data de sua juventude. É quando a vida corre pelas veias, vida repleta de sonhos e de amplo apetite de sucesso.
A aniversariante é filha de David Valares e de Julyfran Campos dos Santos, e estuda na Escola Estadual Zulmira Bittencourt, no bairro de São Jorge. Complementam o ambiente familiar os irmãos David Junior e Sophia.   

A comemoração dos 15 Anos, única na vida de uma jovem, segue com seu encantamento, apesar dos desvios que a modernidade impõe a toda manifestação cultural. Este festejo prossegue aspirado por toda jovem, no gesto de apresentar seu tesouro à sociedade editado pela família. Desse sentimento deriva os componentes que embalam a solenidade: sua liturgia própria, os diversos passos festivos e a alegria incomum em cada lar, entre outros.

Tudo isso será repetido para a Sarah neste 15 de novembro. Sua família, encantada com a efeméride única, já conclamou os amigos e amigas diversos, os colegas da aniversariante e organizou a recepção. Certeza tenho de que, pelo projeto elaborado e o mais que a surpresa proporcionar, a festividade ficará marcada de maneira indelével tanto na memória quanto no álbum de recordações da estimada Sarah dos Santos Valares.

É teu momento único, caríssima Sarah, aproveite-o. Curta-o, como já vens fazendo há tempo. Sorria à vontade, pois, aos QUINZE ANOS, tens tudo aos teus pés. O vento te bate feliz em todos os momentos do dia; os amigos e as amigas te conclamam nas mensagens de rede e, este escrivão, com a mesma certeza, festeja teu momento.

Parabéns!