CATANDO PAPÉIS & CONTANDO HISTÓRIAS

2 de dezembro de 2015

LIGA ELEITORAL CATÓLICA

Ao final da II Guerra, a movimentação política no Brasil agitava-se gravemente. Esse movimento, como sabemos, impulsionou a deposição do ditador Getúlio Vargas.
Dom João da Mata

A Igreja católica engajou-se na conjuntura e decidiu colaborar com a reorganização do país. Para isso, criou em nível nacional a Liga Eleitoral Católica (LEC), destinada a orientar os eleitores. Nada de candidatos da instituição, apesar de fervorosos e distinguidos católicos. Tanto aqui (os irmãos Ruy e André Araújo, para não entediar a relação) quanto pelo país, veja que a direção nacional cabia a Alceu Amoroso Lima.

Dom João da Mata, então bispo do Amazonas, reuniu sua grei e acatou a orientação da LEC brasileira. O resultado das providências do metropolita foi extraído de O Jornal, edição de 5 de agosto de 1945.

Liga Eleitoral Católica

Recorte do periódico

Às 17 horas de ontem, em sessão solene, no Salão de Atos do Colégio D. Bosco, em meio ao mais vibrante entusiasmo da numerosa assistência, foi oficialmente instalada entre nós a Liga Eleitoral Católica. 
Presentes membros do clero secular e regular, delegações da Ação Católica e de todas as associações religiosas da capital, fez o Sr. Bispo Diocesano leitura do seguinte telegrama, recebido do Rio:
Autorizados Exmo. Metropolita comunicamos vossencia instalação ontem LEC pt Gravidade momento vg responsabilidades católicos urgem trabalho intensivo alistamento orientação consciência eleitores pt Aguardamos indicação nomes constituição Juntas Regionais outras sedes episcopais Estado pt Respeitosos saudações (a) Hildebrando Acioli presidente vg Alceu Amoroso Lima secretário-geral pt" 
Obedecendo àquelas diretrizes indicara para ali os nomes dos membros da Junta Estadual: Presidente Dr. Jatir Pucú de Aguiar, Secretário – Prof. Fuet Paulo Mourão, Tesoureiro Sr. Antonio de Meneses Cunha. 
Recebeu o Dr. Jatir Pucú de Aguiar o seguinte telegrama que o credencia presidente da LEC e aprova os demais membros da Junta:Confirmamos nomeação pessoas indicadas autoridade episcopal Junta Estadual necessário intensificar alistamento inscrever LEC já alistados pedimos endereço essa Junta pt (a) Hildebrando Acioli vg presidente LEC, Alceu Amoroso Lima vg secretário pt 
Fez Dom João da Mata, a seguir, feliz explanação da finalidade da LEC, exortando os presentes ao dever cívico-religioso que, com a oração constitui a arma invencível contra o inimigo que se arregimenta. Ressaltou, mais uma vez, que a LEC não é partido político, não apresentando candidatos, pois sua missão é orientadora apenas do eleitorado católico. 
Sob aplausos gerais foi empossada a Junta Estadual, acima nomeada, sendo designadas como responsáveis pelo serviço da secretaria-geral, no Abrigo Redentor: Maria de Miranda Leão e Maria Júlia Lima. Foram, de início, criados 9 postos eleitorais, sendo 7 nas paróquias da Capital, 1 em Adrianópolis e o último no Círculo Operário. 
Nomeou o presidente da Junta Estadual as seguintes Juntas Paroquiais: 
Catedral: Moisés Lindoso [ordenado sacerdote em 1956], Maria Ruth Meneses e Aida Tapajós.
São Sebastião: Francisco de Oliveira Régis e Milton da Silva.
Remédios: Artur Virgílio Filho [pai do atual prefeito de Manaus], Eloisa Belfort dos Santos e Araci Montenegro.
Educandos: José Alencar, Rosa Castelo Branco de Alencar e João Martins de Araújo.
São Raimundo: Ismael Benigno [patrono do estádio da Colina], Pedro Bernardino de Sena e Raimundo Maia.
Santa Rita [Cachoeirinha]: Antonio Weimar Freitas, Jovino Ribeiro Neto e Francisco Cruz Silva.
Nossa Senhora Aparecida: Francisco Rebelo de Souza, Raimundo Ferreira Santiago e José Afonso [um dos dirigentes dos bombeiros voluntários].
Círculo Operário: José de Teixeira Pinto, Egídio Scardino e Jamaci Bentes de Souza [pai do escritor Marcio Souza].
 
Amanhã, às 17 horas, na sede do Abrigo Redentor, onde funciona o secretariado-geral, convocadas pela Junta Eleitoral, reunir-se-ão as Juntas Paroquiais.