CATANDO PAPÉIS & CONTANDO HISTÓRIAS

5 de dezembro de 2015

PRIMEIRO AMAZONENSE NA FAB (2)

Mais algumas informações sobre o primeiro oficial amazonense graduado na FAB, recolhidas no Google, sigo catando.
Coronel Afranio, então comandante
da Base Aérea de BH

ESCOLA PREPARATÓRIA DE PORTO ALEGRE FORMANDOS DO ANO DE 1941  
Adalberto Gomes Macedo
Afranio da Silva AguiarAfrânio Mendonça Sarmento Aimône Espindola (...) 

1944 
Criação do 2o Grupo de Caça

O Decreto-Lei nº 6.796, de 17 de agosto de 1944, criou o 2o Grupo de Caça, equipado com aviões Curtiss P-40, com sede na Base Aérea de Natal.  Decreto-lei nº 6.796, de 17 de agosto de 1944
Cria Unidades de Aviação

 Os primeiros aspirantes-aviadores classificados nessa nova Unidade Aérea, relacionados no Boletim de 6 de setembro, foram os seguintes: Rodopiano de Azevedo Barbalho, Ney Osório, Octávio Campos, Afrânio da Silva Aguiar, Orze de Morais Pupo, Murilo Altemberg Brasil, (...). Art. 2.º O 2.º Grupo de Caça tem sua sede transferida da Base Aérea de Natal para a Base Aérea de Santa Cruz [Rio], a fim de integrar o 1.º Regimento de Aviação (Art. 2º) do Decreto-lei n.º 6.796, de 17 de agosto do corrente ano. Rio de Janeiro, 5 de outubro de 1944,


Getúlio Vargas
Joaquim Pedro Salgado Filho
 

1959 
Base Aérea de Santa Cruz, 1o Grupo de Aviação de Caça, Primeiro Esquadrão: Cmt. Maj. Av. Afrânio da Silva Aguiar, gente boa, homem dos P-40; Operações Cap. Av. Luis de Gonzaga Lopes, o Lopão, muito fechado. A esquadrilha, 4 aviões F-8, código "Vermelho", missão operacional no aeródromo de Pirassununga tempo estimado de voo 50 minutos, Bombardeio Picado (BP) simulado, ataque ao solo com tiro terrestre de canhão (TT), algumas passagens até a conta corrente para o abandono com proa de Santa Cruz, reunião em rota.

 1963-67 
Escudo militar
Centro de Instrução e Adaptação da Aeronáutica,
Comandante da Base Aérea de Belo Horizonte Ten Cel Av AFRANIO DA SILVA AGUIAR 
De: 3 de fevereiro de 1963
Até: 16 de março de 1967  


1964 
MINAS: HORA A HORA

Reportagem de Fernando Richard e José Nicolau 

Dia 31 de março.
3h30m. A reunião continua. O General Bragança é incumbido de fazer a convocação dos civis para a revolução. O Governador Magalhães Pinto, no Palácio da Liberdade, declara que apoia e comanda o movimento. 
7h30m. O Comandante da Base Aérea de Belo Horizonte, Coronel Afrânio da Silva Aguiar, é chamado ao Palácio da Liberdade pelo Governador Magalhães Pinto. O Chefe do Executivo mineiro expõe ao oficial os seus planos. Fala a respeito dos motivos que o levaram a tomar a decisão. Após conferência de uma hora, a portas fechadas, o Coronel Afrânio dirige-se para a Base Aérea: tinha dado total apoio ao Governador.

1964 

Concede o título de Cidadão Honorário de Belo Horizonte ao tenente-coronel aviador Afrânio da Silva AguiarFica concedido o título de "Cidadão Honorário de Belo Horizonte" ao Tenente-Coronel Aviador Afrânio da Silva Aguiar, em reconhecimento aos grandes serviços que tem prestado a este Município.
A entrega do título, objeto da presente lei, será feita em sessão solene da Câmara Municipal.
Belo Horizonte, 25 de setembro de 1964.

Jorge Carone Filho
Prefeito de Belo Horizonte


(Publicado no Minas Gerais de 26/09/1964)