CATANDO PAPÉIS & CONTANDO HISTÓRIAS

1 de dezembro de 2013

PAÇO DA LIBERDADE: VISITA


Folder da Visitação
O Paço da Liberdade foi construído para servir de Palácio da Presidência da Província. A construção se deu de 1874 até 1884, bem antes das transformações urbanísticas que Manaus sofreu no apogeu do ciclo da borracha. Em 1879, ele passa a abrigar oficialmente a sede do governo provincial. Posteriormente passou a sediar o governo republicano e ficou conhecido como Paço Municipal.

Em 1905, o prédio passou por uma ampliação no governo de Constantino Nery, que construiu junto ao palácio sua residência. Até 1917 o Paço Municipal serviu ao governo estadual, que então passou sua sede para o Palácio Rio Negro, e com isso voltou a sediar o governo municipal.


Paço da Liberdade, fachada
O Paço sofreu um incêndio em 1937, causando muito danos à sua estrutura, como por exemplo, o desmoronamento do teto. Depois de reconstruído, integrou as repartições públicas do município até 1995.

A edificação é considerada como “parte integrante do Patrimônio Histórico do Município de Manaus” pela lei nº 565, de 26 de maio de 1956. E em 1957 foi denominado oficialmente de Paço da Liberdade.

Sua arquitetura é marcadamente neoclássica, sendo um dos raros monumentos no Brasil que manteve seu estilo após a Proclamação da República, quando foi adotado o gosto eclético nas construções.

Em 2005 deu-se início aos trabalhos de restauro do prédio com recursos internacionais, federais e municipais, sendo entregue a obra definitiva no dia 11 de abril passado.

 Todas as quartas-feiras, as Portas Abertas permitem uma Visita Guiada.