CATANDO PAPÉIS & CONTANDO HISTÓRIAS

março 10, 2021

ZONA FRANCA DE MANAUS NA FILATELIA

Ainda que extemporâneo, para lembrar a criação da Zona Franca de Manaus compartilho uma seção da "Coluna Filatélica", escrita por décadas pelo saudoso filatelista Nelson Porto. Lembro que a ZFM foi criada em 28 de fevereiro de 1967, pelo presidente Castelo Branco.

Nelson era presidente da Clube Filatélico do Amazonas (CFA) e aos domingos publicava sua Coluna, na qual comentava e noticiava sobre a Filatelia em nosso âmbito. Naquela publicação (15 fev. 1987), comentou sobre a pouca atenção dispensada pelos Correios com as datas significativas desse órgão regional. Com vasta experiência, detalhou os selos já emitidos, porém criticava o Carimbo (uma espécie de ajeitamento) lançado para os 20 anos da ZFM.

Detalhe da coluna de Nelson Porto
(Jornal do Commercio, 15 fev. 1987)

A ZONA FRANCA E A FILATELIA

Próximo dia 28, a nossa Zona Franca de Manaus completará 20 anos de existência. Os primeiros anos foram de grande euforia para os amazonenses. Importávamos tudo: desde sorvetes alemães até carros americanos (Malibu etc.). Depois, o decreto 288 começou a ser mutilado aos poucos. Restrições quase sempre exigidas pelos sulistas — iam sendo feitas.

E hoje, se ainda podemos nos orgulhar de sua existência, devemos a alguns abnegados dirigentes que vêm lutando para sua preservação, sem o que, em nossa opinião, o Amazonas não terá chances de se desenvolver.

O primeiro selo brasileiro referente à Zona Franca surgiu em 13 de março de 1968. Um exemplar feio, com um facial de 10 centavos (saudosos tempos...) e uma tiragem de 3 milhões de exemplares (hoje este selo está cotado pelo RHM em Cz$ 2,00). Em 1972 e 1977 a data passou em brancas nuvens. Ninguém se lembrou...

 Finalmente em 1982, mas muito atrasado, surgiu em agosto um comemorando os 15 anos da ZF. Com um facial de Cr$ 75,00 (que enorme diferença do primeiro!!!) um belo selo figurando três mãos e uma paisagem amazônica, apareceu.

Agora, que vamos comemorar os 20 anos, somente se lembraram de mandar fazer um carimbo (pelo menos...). E no dia 23, iniciando uma série de eventos, na Sala João Donizetti, no Cecomiz, será o carimbo aposto em selos e envelopes daqueles que forem.

 Ilustramos nossa Coluna com o desenho de tal carimbo.

Foto do Carimbo comemorativo

Nenhum comentário:

Postar um comentário